Aplicação financeira em CDB de até 40 salários-mínimos são impenhoráveis

A 7ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), por unanimidade, deu provimento ao agravo de instrumento de uma cliente do Banco do Estado do Pará (Banpará). A agravante, titular de aplicações financeiras em CDB, teve valores bloqueados pelo sistema BacenJud.

Leia mais em: https://noticiasconcursos.com.br/mundo-juridico/novo-cpc/aplicacao-financeira-em-cdb-de-ate-40-salarios-minimos-sao-impenhoraveis/

Deixe um comentário