Execuções fiscais chegam a quase 60% dos processos em tramitação no TJ-SP

Os números de 2018 do Tribunal de Justiça de São Paulo mostram uma tendência já percebida em anos anteriores pelo Anuário da Justiça São Paulo, de que o segundo grau consegue dar vazão aos processos, mas o primeiro grau não. Desde 2011, a segunda instância julgou mais casos do que recebeu. Em 2018, os desembargadores chegaram à marca de 987 mil decisões, a despeito de lhe terem sido distribuídos 826 mil novos casos. O estoque foi reduzido então para 606 mil, descontados os 331 mil casos sobrestados.

Saiba mais em: https://www.conjur.com.br/2019-set-12/execucoes-fiscais-chegam-60-acervo-tj-sp

Deixe um comentário